• COLUNA EXPERIMENTO ABERTO

    A FOFOCA COMO IMPULSO DE LEITURA Por Ieda Magri Parece que em outras vidas fui uma fofoqueira: expus vidas alheias, usei coisas que sabia dos outros a meu favor, pelo menos foi o que me garantiu uma astróloga que consultei recentemente. Isso me fez pensar nas fofoqueiras todas da minha adolescência e então desconfio daquilo …

    Mais
  • COLUNA GABINETE DE CURIOSIDADES

    UM PAÍS DESSE JEITO por Leonardo Villa-Forte   Tem como você repetir, por favor, um segundo, pronto, agora desliguei, essa gente fica alugando, viu, isso que dá ser simpático com telefonista, e olha que era da Legião da Boa Vontade, os caras insistem tanto que te deixam sem saída, parece que fazem de propósito pra …

    Mais
  • COLUNA EXPERIMENTO ABERTO

    A ESCRITA COMO DESAFIO E APERFEIÇOAMENTO DO ERRO Por Ieda Magri & Felipe Charbel   No ano passado organizamos com o Rafael Gutiérrez uma coletânea de ensaios para a Relicário. A ideia era simples: cada um escreveria sobre o que bem entendesse, da forma como desejasse. Foi nossa única orientação. Se fosse para o livro …

    Mais
  • COLUNA LIVRE

    O REVÉS DE UM PARTO Por Cláudia Lamego   Escrito em prosa poética, Brilha como vida pode ser lido como um romance de formação em estilhaços. Da poeta que escreve, no internato, “palavras como alavancas, martelos, flechas apontadas contra algo que vibra e não tem nome ou palavra” à escritora que encontra nas palavras a …

    Mais
  • COLUNA LIVRE

    NARRAR A VIDA por Ana Holanda   Levei meu pai, um senhor de 86 anos, para fazer uma endoscopia. Quando o deixei em casa, ele ainda sentia sono por conta da sedação do exame. Comeu pouco e foi deitar. No final da tarde, passei novamente em sua casa para ver como estava. Dormindo, disse categoricamente …

    Mais
  • COLUNA GABINETE DE CURIOSIDADES

    ELOGIO DA PARTILHA: A TRADUÇÃO DE ‘BRILHA COMO VIDA’ por Patricia Peterle e Andrea Santurbano   Neste relato, Patricia Peterle e Andrea Santurbano descrevem o ofício da tradução partindo da máxima que a escrita é sempre um convite para uma partilha. Como uma constatação de vida, que carrega suas marcas, feridas e cicatrizes, eles trabalharam a quatro …

    Mais
  • COLUNA LIVRE

    UMA FORMA DE CORAGEM PARA A ESCRITA por Rafael Gallo   Tem sido difícil escrever. Não há uma Grande Guerra em curso, ninguém que eu amo foi tirado de mim, nem tenho sido presa de algum vício, mas ainda assim tem sido difícil escrever. Provavelmente, por viver tempos nos quais a ameaça à vida se …

    Mais
  • COLUNA MARCA PÁGINA

    LI SEU DIÁRIO por Ana Elisa Ribeiro   Não sei mais se era uma agenda ou um diário. Acho que não tinha cadeado. Eu me lembro da capa dura com o desenho do Garfield, que adorava e com quem me solidarizava no ódio às segundas-feiras. Isso passou. Hoje tenho mais horror aos domingos. E, às …

    Mais
  • COLUNA GABINETE DE CURIOSIDADES

    NARRATIVA EM WALTER BENJAMIN por Patrícia Lavelle   Em 15 de julho de 2022, o berlinense Walter Benjamin completaria 130 anos. Um dos mais relevantes filósofos e pensadores de todos os tempos, o jovem Benjamin peregrinou por universidades na Alemanha e na Suíça, onde realizou doutorado em filosofia durante a Primeira Guerra Mundial. Nos anos …

    Mais
  • COLUNA LIVRE

    “VAI, ADAUTO, SER LIVREIRO NA VIDA” por Adauto Leva, da Livraria Cabeceira   Quando me perguntam por que eu abri uma livraria, eu respondo que foi para trabalhar com o produto que eu mais gosto na minha vida. Primeiro de tudo, sou um leitor, foi assim que a vida fez sentido para mim e é …

    Mais
  • COLUNA MARCA PÁGINA

    TRENAS, FITAS, RÉGUAS, NÍVEIS por Ana Elisa Ribeiro   Dei à minha amiga – professora e poeta – uma minimáquina de costura. Duvidei um pouco de que o pequeno equipamento funcionasse a contento, mas comprei e entreguei, assim que a vi – a pessoa – diante de mim para um abraço. É uma maquininha que …

    Mais
  • COLUNA LIVRE

    “ISSO É UMA LIVRARIA?” por Giuseppe Zani, da Jacaré Livros   Em meados de agosto de 2021, durante a pandemia de Covid-19, abri as portas da Livraria Jacaré, com títulos de segunda mão, no fundo de uma galeria do bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro. Tinha muita dúvida se as pessoas viriam – eu …

    Mais
Atualizando…
  • Nenhum produto no carrinho.