Continuar a nascer | Mônica de Aquino

Código: TS9E2FCZE
3x de R$ 11,33
R$ 38,00 R$ 34,00
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 34,00 sem juros
    • 2x de R$ 17,00 sem juros
    • 3x de R$ 11,33 sem juros
    • 4x de R$ 8,76
    • 5x de R$ 7,11
    • 6x de R$ 6,01
    • 7x de R$ 5,23
    • 1x de R$ 34,00 sem juros
    • 2x de R$ 17,00 sem juros
    • 3x de R$ 11,33 sem juros
    • 4x de R$ 9,14
    • 5x de R$ 7,42
    • 6x de R$ 6,27
    • 7x de R$ 5,45
  • R$ 34,00 Deposito
  • R$ 34,00 Mercado Pago
  • R$ 34,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Continuar a nascer

Mônica de Aquino

76 p.| 2019 | 13 x 19 cm 
ISBN: 978-65-5090-005-2

 

"A experiência da gestação, do corpo em mutação, vivido desde dentro, desde seus mínimos estalos e grandes mergulhos, esse tema tão intrinsecamente feminino e universal não está, entretanto, muito presente na literatura brasileira ou, se está, raramente se apresenta com a delicada violência que nos oferta a poeta Mônica de Aquino no livro Continuar a nascer. Uma terna violência, se assim podemos defini-la, pelo que há de mais intenso na experiência transformadora e irreversível que é a de dar a vida. Existe algo de iluminado e violento, ao mesmo tempo, nesse brotar de um sentimento que faz com que o sujeito se desprenda de si para desdobrar-se quase que inteiramente no cuidado com o outro, um ser em formação ainda despido de linguagem e de apego – no mesmo instante em que o corpo parece partir-se, e de alguma forma, perder sua metade, já desabitado: tanto o da mãe quanto o do bebê são subitamente lançados, após o parto, numa estranha orfandade, num estado de abandono, mesmo que transitório.

Os versos de Mônica revelam, junto de toda a beleza, que há algo assombroso nesse nascer de um coração minúsculo dentro do corpo onde há outro coração que bate, todo dia bate. O espanto da espécie, a intuição mais cortante que antecede a palavra, na hora do nascimento, talvez seja a de que cada coração precisa aprender a bater, dali em diante, numa fração de milésimo de segundo, frágil e rapidamente como asa de libélula, na solidão de um corpo que o acompanhará pelo resto da caminhada."

Do prefácio de Prisca Agustoni

 

Mônica de Aquino (1979), nasceu em Belo Horizonte. Publicou Sístole em 2005 pela editora Bem-Te-vi e Fundo falso em 2018 pela Relicário Edições, livro vencedor do Prêmio Cidade de Belo Horizonte de 2013 e semifinalista do Prêmio Jabuti 2019. Publicou, também, cinco livros infantis, todos pela editora MiguilimParticipou de antologias como Roteiro da poesia brasileira 2000 (ed. Global) e A extração dos dias (Escamandro) e tem poemas publicados em periódicos como Poesia Sempre e Revista Piauí. Prepara, atualmente, seu próximo volume de poemas, Mofo em floração, série de textos em que dialoga com o trabalho de outros poetas e artistas plásticos.

 

Produtos relacionados

3x de R$ 11,33
R$ 38,00 R$ 34,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagHiper
  • Mercado Pago
  • Depósito Bancário
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Maíra Nassif Passos - CNPJ: 17.615.842/0001-50 © Todos os direitos reservados. 2019